Após expor falhas da escola em que estuda, aluna faz sucesso na web

Nós vivemos em um país onde se posicionar a favor ou contra alguma coisa nem sempre é uma tarefa muito fácil. Por isso, infelizmente, é comum convivermos com o descaso.

Mas há quem tenha coragem para denunciar e que dê a cara à tapa, como fez a jovem Isadora Farbes, de apenas 13 anos.

Estudante do sétimo ano do ensino fundamental da Escola Básica Municipal Maria Tomazia Coelho, de Florianópolis, Santa Catarina, Isadora chamou a atenção de muita gente com uma página criada no Facebook, chamada de “Diário de Classe”.

Isadora Farbes - Diário de Classe
A jovem Isadora Farbes
Nela, a jovem publicou uma série de fotos que revelam a falta de infraestrutura da escola, assim como comentários sobre um professor substituto, que segundo ela, não explica direito as lições de matemática.

Após grande repercussão na web, sendo inclusive convidada a dar entrevistas para portais e emissoras de TV, a jovem teve uma resposta positiva da secretaria da Educação de Florianópolis, que se propôs a reparar todas as falhas expostas na web e também reavaliar o professor de matemática criticado pela aluna, tendo como base a opinião de outros alunos.

De acordo com a diretora da escola Maria Tomázia Coelho, Liziane Diaz Farias, a responsabilidade pela gestão deficitária da instituição é dela, mas também culpou o vandalismo pelos problemas de infraestrutura apontados por Isadora no Diário de Classe.

Abaixo você confere algumas das imagens feitas pela jovem estudante:

Quem quiser conferir a página de Isadora no Facebook, acesse: Diário de Classe

3 pensamentos em “Após expor falhas da escola em que estuda, aluna faz sucesso na web”

  1. A jovem também poderia colocar emseu álbumquem são os autores da destruição da escola. Mas é uma penaporque vai intimidar os “vandalos ” escolares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *