O rato e os livros

Quando eu estava internado na Casa de Saúde Dr. Eiras comecei a ter crises de pânico. Um dia, resolvi consultar o psiquiatra encarregado do meu caso:

“Doutor, o medo me domina, me tira a alegria de viver”.

“Aqui no meu consultório tem um ratinho que come meus livros”, disse o médico. “Se eu ficar desesperado com este ratinho, ele se esconderá de mim, e não farei outra coisa na vida a não ser caçá-lo. Portanto, eu coloco os livros mais importantes num lugar seguro, e deixo que ele roa alguns outros. Desta maneira, ele continua um ratinho, e não se torna um monstro”.

“Tenha medo de algumas coisas, e concentre todo o seu medo nelas – para que tenha coragem no resto”.

Paulo Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *