Pai está à procura de filha desaparecida

Publicado em Categorias Diversos

Assim que recebo e-mails pedindo ajuda ou solicitando o repasse, procuro saber de sua veracidade, para assim divulgá-lo no Rota 83. Por isso, após rápida pesquisa, faço questão de mostrar mais uma história de corrente via e-mails.

No e-mail em questão um pai busca através da internet encontrar a sua filha, desaparecida desde novembro do ano passado. Leiam abaixo:

Olá! Meu nome é Jean e sou pai da PIETRA. Esta menina que aparece nas fotos. Estou escrevendo para solicitar sua ajuda, pois ela esta desaparecida desde o dia 28/11/08.
Por favor, não retorne… Nem apague… Passe adiante!!! Pedindo pelo amor de DEUS que se você tiver qualquer informação sobre ela me avise. Estou enviando este e-mail para vocês para que possam reenviá-lo para o maior numero de pessoas possível e caso tenham alguma informação. Por favor, entrem em contato comigo…
Se fosse sua filha você reenviaria… Pense nisso!
Muito obrigado Jean
E-mail: jeanneves@terra.com.br Cel. (47) 8413-443

untitled-2

untitled-3

untitled-4

Segundo apurei, o fato aconteceu de verdade, porém, já foi solucionado. De acordo com o site, Marília Segura, em contato via telefone com o pai da criança, ele informou que sua filha havia sido localizada.

O que não se sabe é em que circunstâncias isso aconteceu, e tão pouco como a encontraram.

Abaixo segue uma lista de crianças desaparecidas cujo “status” indicam se já foi ou não encontrada. Repare que a última da lista é a Pietra.

[ + ] Crianças desaparecidas

11 pensamentos em “Pai está à procura de filha desaparecida”

  1. Ela desapareceu em 2008 e foi encontrada em 2005. haha O pai se preocupou tanto com o caso, que seu telefone falta um numero. As fotos todas são de 2005, ele tbm não se preocupou em colocar uma mais recente, pois crianças mudam muito sua aparencia a cada ano. Ele não pensou em colocar mais contatos para ter certeza que seria contatado caso alguem ligasse (telefone de mãe, tio, tia, cachorro, vizinho, etc). Ele não diz nem aonde ela desapareceu. Não tem nenhum contato de alguma instituição responsavel pela busca de crianças desaparecidas. A primeira iniciativa depois da policia seria isto. E naturalmente, teria o contato da instituição no email. Depois de tudo isso… Fiquem a vontade para tirar suas concluysões se este email é real ou não. E por favor… Sei que é mais facil repassar coisas pra não ficar com a merda da sua consciencia pesada do que verificar os fatos deixando a preguiça e a passividade de lado. Mas poderiamos contribuir para menos spans se fizermos pesquisas antes. Para todos os que precisam fazer algo de util para ter a consciencia limpa vá até a esquina de sua casa e ofereça ajuda a alguém ou procure por serviços voluntários.

  2. Faço o mesmo qdo recebo correntes deste tipo,fico triste sim mas vou procurar saber, acho que se alguem pede ajuda por desaparecimento, deveria tb fazer chegar a todos a noticia de que foi encontrada seja la como e de que jeito, assim não ficaria anos rodando pela internet sem que saibamos o que aconteceu

  3. pelo visto foi encontrada em 2005…

    *****************************************

    Nome: PIETRA MAESTRI DAS NEVES

    Status do caso: Em contato telefônico em 28/12/05 com o senhor Jean Carlos, pai de Pietra, este informou-nos que a criança foi localizada e já está em sua companhia.

    Responsável pela verificação: Coordenação ReDESAP.

    fontes:
    http://www.mariliasegura.com.br/mensagens.php

  4. gostaria de saber se ela ja foi encontrada? tenho uma filha e sei pelo que vcs devem estar passando vo orar pela sua familia. que Deus os ajudem.

  5. nos anos 80 conheci uma garota por nome MONICA no rio de janeiro essa garota veio a ter uma filha minha depois ela foi viver com outra pessoa e levou a filha (BARBARA) em em 1988 voltei pra minha terra joao pessoa pb nunca mais voltei ao rio e tenho muita vontade de saber como minha filha estar e de encontrala soube a muito tempo que ela morava no valqueire bairro do rio de janeiro

    se alguem poder me ajuda fico muito agradecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *