Por Içami Tiba: O sabor da refeição em família

Por Içami Tiba: Como saber se você seria um bom professor?Se o seu filho não come o que você gostaria que ele comesse, onde e com quem ele (des) aprendeu a comer? Você, pai ou mãe, come o que é saudável ou o que gosta? Tudo pode ser gostoso com bom preparo, visual agradável e cheiro bom.

Hoje não temos tempo nem para comer. Aí entram os fast e junk food, que trazem obesidade infantil e outros prejuízos para a saúde. Nossas crianças foram educadas para fazer o que querem e não o que precisam. O comer é também um reflexo da educação.

Eu sempre saboreei saladas coloridas, que preparava com capricho e temperos. Minha filha achava muito bonito o meu prato. Hoje ela adora . saladas. Meus filhos, quando pequenos, tinham o ‘dia da porcaria’. Todos comiam o que e quando quisesse, um dia na semana. Nos outros, comíamos ‘direito’.

Tão importante quanto o valor nutritivo da comida é o valor da convivência prazerosa, da TV desligada, da atualização da vida. Recebemos dentro de nós tanto a comida quanto o clima que rola em uma refeição. Não quer comer? Não coma, mas fique com os comensais até o fim para alimentar a alma.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas Gostou? Deixe seu voto!
Loading...
Subcategoria(s): Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *