Refrigerante diet também engorda

Há quem acredite que os refrigerantes diet não engordam, porém, mesmo possuindo um baixo teor de açúcar, eles podem influenciar negativamente numa dieta.

Em matéria realizada pelo site Minha Vida, a nutricionista Daniella Camargo, respondeu por que tais refrigerantes também podem ser evitados.

Refrigerantes “magros” também afetam o peso

Gás da bebida expande o estômago; enquanto o sódio retém liquido

A moda dos refrigerantes zero chegou como um alento para os aficionados pela bebida que encaram a dieta. São diversas variações que não apresentam nenhuma quantidade de açúcar, sugerindo riscos mínimos para o regime. Outras opções como, os lights e diets, também confundem muitas pessoas, que acabam colocando o sucesso do regime em risco ao consumir doses excessivas da bebida. E será que eles estão liberados mesmo?

O problema é que mesmo nas versões menos calóricas, os refrigerantes se tornam uma ameaça quando o assunto é derrubar o ponteiro da balança ou a escolha de uma vida saudável. Para te ajudar a entender como os eles interferem nos quilos a menos, o MinhaVida conversou com a nutricionista Daniella Camargo, que aponta os principais problemas da bebida. Confira e descubra porque os sucos devem entrar com tudo no seu menu.

Refrigerante na refeição

Já não é novidade que beber enquanto comemos, não ajuda em nada no regime, mas de acordo com a nutricionista Daniella Camargo, quando o assunto é refrigerante o perigo aumenta. “A ingestão de líquidos, principalmente gasosos, dilata o estômago dificultando a digestão e fazendo a sensação de fome reaparecer em poucos minutos”, alerta a nutricionista.

É aí que o perigo aparece e a ingestão maior de alimentos aumenta. “Logo depois do almoço já estamos morrendo de fome, já que não ficamos satisfeitos com a refeição, mais sim com a impressão de estômago cheio, graças a ingestão da bebida gasosa”, explica. “Dessa forma, abusamos dos petiscos e também comemos mais na refeição seguinte”.

Mas, se você acha impossível se alimentar sem colocar nada líquido na boca, a nutricionista dá a dica. “O ideal é não beber nada, ou então optar pelo suco, principalmente cítricas, porque auxiliam na absorção de ferro, encontrado em verduras, leguminosas e carnes, ou ingerir água, que não tem calorias e não engorda”, sugere.

Zero, diet ou light

Os problemas dos refrigerantes diet, light ou zero estão ligados, em geral, ao aumento do consumo de sódio. De acordo com a nutricionista Daniella Camargo, ele oferece riscos para saúde e para o regime. “Os refrigerantes zero, diet e light não estão liberados na dieta, porque quando se diminui a quantidade de açúcar no refrigerante, é preciso aumentar a quantidade de sódio para compensar o paladar”, diz. “O sódio em excesso retém líquido, e com isso aumenta o peso, podendo apresentar problemas para saúde do fígado e rins, por exemplo”, explica.

A especialista explica que uma dose de refrigerante normal apresenta, em média, 10mg de sódio, enquanto, a opção light varia de 28 a 39mg para uma quantidade de 200ml (um copo médio). “A dose diária recomendada de sódio é de cerca de 1,5g por dia, isso para pessoas que não são hipertensas”, explica Daniela Camargo.

Ocasiões especiais

De acordo com a nutricionista, o verdadeiro problema é que as pessoas exageram na dose e costumam tomar refrigerante o tempo todo. “Tomar um copo de refrigerante em um aniversário, por exemplo, não é o fim do mundo. O problema são as pessoas que ingerem, no mínimo, três copos por dia. É ai que os riscos aparecem”, diz a nutri.

[ + ] Fonte: Minha Vida

4 pensamentos em “Refrigerante diet também engorda”

  1. Palavras de um ex-gordo (eu).

    Perdi 30 kilos numa primeira instancia, absorvendo como atitude e principio, uma total reformulaçao alimentar. Iniciei a dieta por conta propria, apos ler muito, mas muito material a respeito de nutriçao, tendo posteriormente tomado a decisao sobre a melhor dieta para o meu dia a dia.

    Optei por uma alimentaçao pobre em carboidratos ruins (indice glicemico alto) e muita proteina magra, ou seja, nada de bacon, queijo, ovos fritos, etc. Basicamente me alimentava de peixe, pois este, nao faltava no meu cardapio, alem de muita salada verde.

    Como postei, perdi 30 kilos em aproximadamente 6 meses e o mais incrivel, nao sintia muita fome, desde a primeira semana.

    Estabilizei meu peso, objetivando perder mais 10kg futuramente (afinal, queria comer um chocolate, pizza, aquilo que realmente é bom), seguindo novamente um plano alimentar coerente.

    Recomecei a mesma dieta, exatamente como antes, porem o resultado foi inocuo. Fiz e refiz, testei e retestei sem qualquer sucesso a perda de 1 unico kilo como anteriormente.

    Com uma epifania, apos 1 mes de "experiencia", recordei: Perai, quando reeduquei minha alimentaçao, tinha excluido o REFRIGERANTE DIET/LIGHT da dieta, basendo-me somente em agua com ou sem gas.

    Dito e feito, em 1 semana, ja perdi 2 kilos.

  2. Essa nutricionista não sabe de nada, dizendo q 3 copos de refrigerante irao acabar com a pessoa , sendo que a maioria dos nutricionistas são gordos , poste alguma coisa verdadeira da proxima vez , perdi meu tempo lendo isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *