Meio ambiente

Seja um ecocidadão

Envie por e-mail

O que significa ser um ecocidadão?

Ser um ecocidadão planetário é vivenciar um conjunto de princípios, valores, atitudes e comportamentos que demonstrem uma nova percepção da Terra como uma única comunidade. É também pensar global, agir local, como diz todo ecologista de carteirinha. Pensando em consolidar a cidadania e a participação, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente está publicando este guia.
Atualmente, a sociedade civil, as universidades, as organizações não-governamentais e as entidades de classe tem a sua participação garantida na gestão ambiental através de comitês de bacias, conselhos – estadual e municipais – e também do Orçamento Participativo. Os municípios também estão cada vez mais interessados em implantar gestão ambiental, criando secretarias e conselhos de meio ambiente. Você pode ajudar a sua comunidade de várias maneiras, participando e decidindo sobre o futuro.

O que fazer para ser um ecocidadão?

• Separe o lixo seco do orgânico. Assim você contribui para o processo de reciclagem.

• Reaproveite os materiais. Lembre-se que o lixo é apenas alguma coisa que está no lugar errado. Aquela caixa de papelão que você ia jogar fora pode ter uma nova utilidade. Use a sua criatividade!

• Exija a coleta seletiva. Se o seu município não possui, entre em contato com a prefeitura local. Além de contribuir com o meio ambiente, as centrais de reciclagem também geram emprego.

• Sabia que você gasta 12 litros de água em 5 minutos de escovação? Escove os dentes de torneira fechada. Fechando a torneira, você economiza este bem natural, cada vez mais escasso.

• Reduza o tempo no chuveiro. Além de uma bela economizada na conta, você estará economizando 30 litros de água ao diminuir a duração do banho para 5 minutos e ainda fechar o chuveiro enquanto se ensaboa.

• Fique atento ao lavar a louça! Atos simples como limpar os restos de comida antes de começar; encher a pia até a metade para ensaboar; manter a torneira fechada e enxaguar a louça em mais de meia pia de água limpa economiza até 97 litros de água em 15 minutos de lavagem.

• A água é bem público e precioso. Nunca coloque veneno em rios e arroios. Ligue sua casa à rede de esgoto. A poluição do solo também pode contaminar os lençóis subterrâneos, que são grandes caixas d’água de reserva para o futuro.

• Se você verificar algum vazamento em canos da rua, avise as companhias de saneamento. Ainda resolva o problema de torneiras pingando, caixa d’água estragada, vazamentos que geram desperdício e muita dor de cabeça.

• Conheça o trabalho das ONGS. Você pode participar ativamente das discussões ambientais de seu município, filiando-se a uma organização não-governamental ou formando uma.

• Exija a educação ambiental nas escolas. A gurizada pode ser ecocidadão desde pequena. Entre em contato com aquela escola perto da sua casa e confira de perto o trabalho que está sendo desenvolvido.

• Denuncie qualquer ato contra o meio ambiente. Aquela indústria está poluindo? Alguém está cortando árvores sem autorização? Maltratando animais? Entre em contato com os órgãos públicos e denuncie.

Conheça melhor!

Comitês de Gerenciamento de Bacias

Os comitês decidem sobre os usos que a comunidade de cada bacia hidrográfica pode fazer de suas águas. Também definem o que deve ser feito para que os recursos hídricos tenham qualidade nos seus mais diferentes usos. Os comitês são formados por 40% de usuários de água, 40% de representantes da sociedade civil organizada (vereadores, ONGs, associações de bairro) e 20% de órgãos públicos federais e estaduais.

Conselhos Municipais de Meio Ambiente

Para o município poder realizar o licenciamento ambiental para atividades de impacto local, deve ter seu Conselho Municipal de Meio Ambiente, que precisa ter caráter deliberativo. Na sua composição, os conselhos municipais devem ter, no mínimo, a metade dos membros vindos de entidades não-governamentais.

CONFEMA – Conferência Estadual do Meio Ambiente

A lei que criou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente determina a realização da Conferência Estadual do Meio Ambiente (Confema), a cada dois anos, no mínimo, depois de consultado o Conselho estadual do Meio Ambiente.

Audiência Pública

Faz parte do processo de licenciamento ambiental prévio. É onde o empreendedor apresenta à comunidade os planos de instalação e/ou ampliação de um empreendimento com alto potencial de impacto ambiental, como indústrias e usinas hidrelétricas. É na audiência pública que a população pode expor a sua opinião. Também é nesse momento que a comunidade pode tirar todas as dúvidas sobre o empreendimento.

ONG – Organização Não-Governamental

Qualquer organização que não seja governamental nem tenha fins lucrativos. Algumas ONGs trabalham com questões locais, atuando na própria comunidade, enquanto outras são regionais, nacionais e até internacionais. estas entidades também se organizam em associações e federações. No Rio Grande do Sul, a entidade que reúne as ONGs é a Assembléia Permanente das Entidades de Defesa do meio Ambiente (Apedema). Existem diversas ONGs preocupadas com a questão ambiental – procure uma próxima de você!

Lembre-se, preservar o meio ambiente hoje é garantir o melhor para os nossos filhos amanhã. Pense nisso!

[ + ] Fonte: SEMA – Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul

Envie por e-mail

One thought on “Seja um ecocidadão

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios (*)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>